Neste dia internacional da mulher, resolvemos dissertar um pouco sobre as diferenças entre Sexo, Identidade de Gênero e Orientação sexual, que são três assuntos completamente diferentes, mas que finalmente chegou a ser debatido na TV aberta!

Como muitos viram, na última semana o programa Amor & Sexo da Rede Globo, explorou um pouco sobre o universo LGBT, que assim como as mulheres, possuem diversas dores, lutas, medos e opressões, vindas de uma sociedade machista cis hétero.

Esses debates dificilmente chegam à mesa das famílias brasileiras no almoço de domingo, principalmente quando o assunto é sobre sexualidade, que é tão amplo e necessário quanto falar de política ou futebol.

Fazendo a Laura Müller, hoje vou explicar de forma bem simples a diferença entre os três.

Sexo é o que temos de biológico, que é definido pelos nossos cromossomos com uma determinada genitália, determinando se somos homem, mulher ou intersexual

Identidade de gênero é aquilo que se é construído individualmente através de comportamentos, costumes, representações, etc. Possuindo diversas categorias.

Orientação Sexual, é relacionado a afetividade amorosa e sexual do ser, ou seja, a atração por um ou mais sexos/gêneros. Nesta categoria podemos encontrar os Homossexuais, Heterossexuais, Bissexuais, Assexuais, Pansexuais, entre outros. Um ponto importante que deve ser sempre corrigido, que o termo certo é “Orientação” e não “Opção sexual”. Ninguém escolhe a sexualidade, nascemos com ela e ao passar do tempo nos descobrimos e a reconhecemos.

Ainda há muitas lutas para enfrentar, porém devemos todos os dias nos empoderar mais daquilo que somos, para debater e enfrentar os preconceitos diários. O Brasil ainda é o país que mais matam mulheres e LGBTs no mundo e o nosso dever é mudar esse sistema juntos, sem aceitar flores para a dor e discursos opressores.