Como todos puderam ver ontem (18), o juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da Justiça Federal, abriu uma liminar que concede a psicólogos aplicarem terapia para reversão sexual. Determinando que a homossexualidade é uma doença que “possui cura”. (Retrocesso e intolerância religiosa o nome viu amores?)

E como somos bem debochados com as ciladas da vida, listamos cinco lugares para aproveitarmos a nossa aposentadoria, já que ser LGBT no Brasil terá atestado né?

NOVA IORQUE

Que tal aproveitar e fazer umas compras no estilo “As Patricinhas de Beverly Hills” com as manas e comprar umas blusinhas novas? Afinal, a gente quer é roupa nova pra dar close! Mas cuidado, pois lá tem o Trump viu viado?


CANADÁ

Como o Brasil geralmente é um lugar quente, onde o próprio inferno é centralizado no Planalto, que tal conhecer a neve e fazer um remake de RBD com as manas e cantar “Sálvame”? Pois estamos precisando!


MARANHÃO

Tudo bem que o país não está lá essas coisas, mas aproveitar o calor brasileiro nos Lençóis Maranhenses, garantirá aquele bronzeado que tanto esperamos pro fim do ano, só que muito antes e várias vezes ao ano né bebê?


AMSTERDà

Um rolezinho artístico e romântico por Amsterdã, andar de bike nos melhores parques com o @, é melhor que estar no Brasilsão e viver de retrocessos e falta de direitos humanos não é mesmo?


PARIS

Sabe aquele pedido de namoro que gostaria de fazer ou espera que o @ faça? Tirar o passaporte e fazer desse momento memorável, é o mesmo que dizer a bancada religiosa que “se isso é estar na pior o que é estar bem?”


A gente está debochando, mas este momento é de luta! Sendo você LGBT+ ou não, lutar por equidade para que todos sejam incluídos na sociedade, é ser humano. Então não dá para se calar com tanta intolerância, que foi muito discutido durante a Parada LGBT.

Foi conquistado o direito de não sermos tratados como “doença” desde os anos 90. E infelizmente o país se encontra andando para trás. Lutar por mais direitos sempre e Temer jamais.