Hoje a noite (22) você tem um encontro marcado conosco em uma das festas eletrônicas mais bombadas de sp, a Multiversive, que virá com tudo e vai abalar as estruturas da linda Morfeus Club.

Espaço muito foda, organização mais foda ainda, mas principalmente, um line-up poderosíssimo de tirar o chapéu e fazer inveja a qualquer outra festa da noite. Diante disso, com exclusividade, conseguimos bater um papo com um dos astros dessa festa, o mito mitante The Seventh God, que será uma das principais atrações de hoje e vai tocar exatamente quando a galera tiver louca quebrando tudo na pista. Bora saber o que ele acha da festa? Vamos conhecer um pouco mais desse dj que só está crescendo na noite Paulistana? Só vem!

Confira nossa entrevista:

BOOMIX – Você será uma das próximas atrações de destaque da nova edição da MULTIVERSIVE. Qual a sua expectativa? O que você aguarda no dia 22?

7TH GOD – Minha expectativa é que será uma festa com muito moshpit, headbang e energia boa, eu estou bastante ansioso, sem contar que eu to com muita musica inédita pra soltar no meu set e estou ansioso para ver a reação da galera.

 

BOOMIX – A MULTIVERSIVE desde sua primeira edição foca e concentra toda a sua filosofia em combinar e dar chance aos mais diversos gêneros do eletrônico, em seu line-up. Pra você, como é tocar com os mais diferentes djs da cena?

7TH GOD – É algo muito bom, já que só mostra a nossa união na cena, eu já dividi line-up com o Kairus varias vezes ele toca um estilo bem diferente do meu, eu fico feliz da gente estar se trombando nos bastidores com outros artistas e dividindo line com bastante frequência.

 

BOOMIX – Você anda experimentando outras vertentes e gosta de mesclar a diversos elementos, tanto em seus hits quanto em seus sets. Qual é o segredo para experimentar a vários estilos, misturar gêneros e ainda ser aclamado pelos seus fãs e pela galera na balada?

7TH GOD – Juntar sem medo coisas que eu gosto e soltar pra galera, a minha versão da faixa do MC Lan com o Dubstep/Riddim funcionou demais quando eu toquei na Poropopow Party que inclusive a Boomix estava cobrindo este evento, e com certeza vou soltar muita coisa nova na Multiversive!

 

BOOMIX – Um dj precisa efetivamente “MORRER” naquele estilo? Qual a sua opinião sobre isso? Ele perde a identidade ou é balela?

7TH GOD – De forma alguma, artistas como Skrillex sempre tem se reinventado, eu mesmo tenho produzido muita coisa diferente do que eu tenho lançado e preservando minha identidade como artista, com certeza é balela, logo logo to soltando pra vocês!

 

BOOMIX – Na sua opinião, como está o Bass nacional? E qual é o futuro para a vertente?

7TH GOD – O Bass nacional só tem crescido, e acho que ele ja deixou de engatinhar e ja ta está andando sozinho. Festas como Bass Generation, MPA e o festival “Tropkillaz and Friends” junto com o pessoal do Supernova já provou muito disso para nós! E acho que logo logo outros estados do Brasil terão mais eventos deste porte!

 

BOOMIX – Para você, qual é o maior desafio para um artista levar seu set e dominar seu público naquela noite?

7TH GOD – A leitura de pista e coordenar o publico durante todo o DJ Set, descendo o subindo o BPM e sem perder a energia do pessoal.

 

BOOMIX – E qual é a maior glória? A melhor coisa que pode acontecer em uma noite?

7TH GOD – Durante o DJ Set manter a energia de todo o publico, e terminar o set e ter toda a pista pedindo por mais e sem contar quando a galera vibra com as novas tracks, é incrivel!

 

BOOMIX – Qual é a maior satisfação, na sua opinião, que um dj/produtor pode ter na carreira?

7TH GOD – Ser reconhecido pela energia que você passa para o publico, se sentir conectado, e o publico conhecer as suas faixas e remixes, não tem igual!

 

BOOMIX – É notória a sua ascensão em um curtíssimo espaço de tempo. Ao que você atribui todo esse sucesso repentino?

7TH GOD – Eu sempre agradeço muito a galera que tem me apoiado neste tempo todo, e eu sempre tento aproveitar ao maximo as oportunidades de tocar em festas como o Multiversive e dar o meu melhor, e sem contar aos melhores amigos que inclusive dois deles estão no line up da Multiversive que é o RazorDies e o Kairus, que tem me dado a maior força desde sempre.

 

BOOMIX – Qual a dica que você pode dar a algum artista que está começando também? O que você acha que ele deve fazer pra dar certo e bombar?

7TH GOD – Experimentar! A melhor coisa que você pode fazer é experimentar e você não precisa de um estúdio cheio de equipamentos caros para criar, quando eu comecei a criar eu tinha apenas um laptop antigo com versões crackeadas de softwares para produção musical e um gravador de voz instalado no meu celular onde eu gravava vozes de meus amigos para minhas musicas, sem contar que vai precisar de bastante paciência já que nada acontece do dia pra noite, eu demorei 2 anos para passar as ideias da minha cabeça para o computador de forma rápida, e eu continuo aprendendo e estudando muito, isso realmente nunca acaba, e você não pode ter medo de experimentar e criar coisas “estranhas”, confie em você e nos seus ouvidos que vai ser a principal ferramenta que você vai usar!